quarta-feira, 24 de setembro de 2014

OSRN recebe duas atrações internacionais em concerto do Quintas Clássicas

image Apresentação acontecerá na próxima quinta-feira (25), às 20h, no Teatro Alberto Maranhão. Entrada franca.
O projeto Quintas Clássicas, que traz atrações internacionais para se apresentar junto à Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) mensalmente, anuncia como convidados para a edição deste mês de setembro o violoncelista búlgaro Kalin Ivanov, muito conhecido por seu estilo musical poético e emotivo, e o maestro búlgaro Svilen Simeonov, que irá reger toda a apresentação. Exibição contará ainda com a participação especial do clarinetista pernambucano Enéas Albuquerque. A apresentação acontecerá na próxima quinta-feira (25), às 20h, no Teatro Alberto Maranhão. A entrada é gratuita.

O espetáculo será iniciado com “Abertura Egmont”, do mundialmente conhecido compositor alemão Ludwig van Beethoven. Depois seguirá com a obra de Rick Sowash “Concerto para Violoncelo e Clarinete”, que contará com o solo dos convidados especiais Kalin Ivanov e Enéas de Albuquerque, e se encerrará com “Sinfonia Nº 8”, do austríaco Franz Schubert.
O projeto Quintas Clássicas ocorre a cada última quinta-feira do mês e é promovido pelo cemitério e crematório Morada da Paz, por meio da lei de incentivo Djalma Maranhão da Prefeitura de Natal, e pela Cosern, por meio da lei de incentivo Câmara Cascudo. A iniciativa conta também com apoio do Governo do Estado, da Secretária de Cultura, da Igetur e dos Hotéis Paradise.
Sobre o violoncelista Kalin Ivanov
O violoncelista Kalin Ivanov é um artista em crescente ascensão, que tem conquistado a atenção de importantes profissionais do ramo em todo o mundo. O ex-crítico de música do jornal The New York Times, Harris Goldsmith, caracteriza o trabalho de Ivanov como obra que apresenta “tom fino e gostoso”. O artista também foi aclamado pela crítica na Bulgária, onde já foi chamado de “fenômeno na paleta dos músicos mais talentosos” pelo World Panorama. O artista búlgaro já se apresentou em várias casas de espetáculo de diferentes países, como Grécia, Áustria, Suíça e Itália. Atuando como solista, já se apresentou com as principais orquestras da Bulgária, incluindo as Orquestras Filarmônicas de Sofia, Varna e Plovdiv.
Vencedor da C.W. Post Chamber Music Festival, que promove competição de grupos de concerto, Ivanov é fundador do quarteto de cordas The Forte e do New York Empire Trio, grupo composto por experientes artistas de música clássica. O músico ministra aulas de violoncelo e músicas de câmara no Brooklyn College e na Universidade de Adelphi, Estados Unidos. Também é convidado regularmente para dar entrevistas em programas de televisão e rádio, além de participar como juiz em competições de música nos EUA e países da Europa.
Sobre o maestro Svilen Simeonov
Ganhador de prêmios como o Musican of the Year Prize, em 1999, Lye Award, em 2001, e o Golden Lyre Award, em 2007, Svilen Simeonov é Maestro Principal da Sofia Sinfonietta Orchestra, Sofia Amadeus Orchestra e Vidin State Symphony Orchestra, na Bulgária, onde estudou sobre clarinete e regência. Graduado pela Academia Estadual de Música “Pancho Vladigerov” e Academia de Música e Dança de Plovdiv, o maestro exerce o cargo de Diretor e Principal Maestro da Sofia Amadeus Orchestra. Já foi convidado para reger em diversos países de todo o mundo, como Holanda, Japão, Espanha e Coréia do Sul.
Sobre o solista brasileiro Enéas Albuquerque
Enéas Albuquerque, natural de Recife (PE), iniciou seus estudos de clarineta no curso de Extensão da Universidade Federal de Pernambuco. Estudou com diversos professores, entre eles: Andre Kerver (HOL), Toshiko Sakakibara (JAP), Oleg Andreiev (RUS), José Botelho (RJ) e Ronaldo Ferreira (RN). Em 2013, foi solista do CD “100 anos da valsa Royal Cinema”, do compositor potiguar Tonheca Dantas e gravado pela OSRN. O clarinetista tem graduação em Música (bacharelado em Clarineta) e pós-graduação em Práticas Interpretativas dos séculos 20 e 21 pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente é 1° clarinetista (chefe de naipe) da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, 1° clarinetista (spalla) da Banda Sinfônica da Cidade do Natal, professor substituto de clarineta da UFRN e membro fundador do Quinteto Amadeus de Sopros do Rio Grande do Norte.
*Assessoria do Grupo Vila










Receba as notícias do Blog por email

Seguidores