quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Currais Novos: juiz define venda de bens em processos de Execução

O juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, titular da Comarca de Currais Novos, definiu a venda judicial de mais dois bens, relacionados a processos de Execução e que envolvem a empresa Unimed e a Cooperativa de Energia e Desenvolvimento Rural do Seridó Ltda (Cersel). Desta vez, as duas ações somam quase R$ 5 milhões, que serão arrematados e repassados como pagamento de dívidas com a Fazenda Nacional.

“Mas, esse valor é apenas uma parte desta dívida. O valor que será abatido só pode ser definido após o repasse à União”, explica o magistrado.

De acordo com a determinação, a venda judicial envolve um terreno, que era de propriedade da Unimed, localizado no bairro Santa Maria Gorete, onde funciona o serviço de atendimento da empresa, o qual foi avaliado em R$ 1,6 milhão e com área total de 1.842 m².

Também será vendido um prédio industrial da Cersel, localizado no bairro Paizinho Maria e avaliado em R$ 4 milhões, com área edificada de 1.044 m² e área total de 155.567 m². “As propostas podem ser dadas até o dia 10 de outubro, na modalidade de venda Alienação por Iniciativa Particular”, completa o magistrado.

A definição da venda judicial dos dois bens ainda é resultado do Mutirão para julgamentos de processos de Execução, que foi realizado no primeiro semestre de 2014, na Comarca de Currais Novos, cuja iniciativa julgou mais de 400 processos.

(Processos nº 0002226792010.820.0103 e 0002632662011.820.0103)

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores