terça-feira, 4 de agosto de 2015

Into promove no Rio primeira ação ligada às Olimpíadas

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) promove, no próximo sábado (8), a primeira ação  relacionada às Olimpíadas e Paralimpíadas, que ocorrerão no Rio de Janeiro a partir de 5 de agosto de 2016. O Arraial Esportivo do Into será realizado no Parque Madureira, no bairro do mesmo nome, zona norte da capital fluminense.

Segundo a coordenadora de Planejamento do Into, Germana Bahr, a iniciativa visa estimular a prática esportiva. “Crianças, adultos, idosos. É para todo mundo. Apesar de o nosso projeto no Into ser direcionado para educar as crianças a ter uma cultura de saúde, esse evento específico vai ser para todo mundo”.

A ação do instituto, órgão ligado ao Ministério da Saúde, se baseia em pesquisa recente do Ministério do Esporte, que revela que 49,5% dos brasileiros são totalmente sedentários. “Isso impacta muito a saúde, principalmente a saúde ortopédica, cujas consequências acabam chegando para nós, mais tarde. A gente acha que o grande legado da Olimpíada seria consolidar uma cultura de saúde. Por isso, nós vamos fazer várias ações”.

De acordo com a Pesquisa Diagnóstico Nacional do Esporte, divulgada em junho passado pelo Ministério do Esporte, quase 90% dos brasileiros que abandonaram as atividades físicas e os esportes o fizeram antes dos 34 anos de idade. A Região Sudeste é considerada a mais sedentária do país.

A primeira ação do Into vai funcionar como um evento teste, uma experiência piloto, disse a médica. A escolha de Madureira se deu porque lá há necessidade de informação, ao contrário da zona sul, onde as pessoas sabem que têm que fazer exercício e que têm que comer melhor. “Lá em Madureira, a gente acha que tem mais apelo”.

Estão programadas atividades como como aulas de 'skate', futebol, dança, entre outras. Haverá uma tenda onde profissionais do Into irão medir e pesar as pessoas, que receberão orientações de nutricionistas sobre alimentação saudável. “Se isso der certo, já temos outras ações alinhavadas”. O segundo projeto poderá ser uma corrida no Aterro do Flamengo.

O Into está fazendo também uma campanha para angariar voluntários para as Olimpíadas na área da saúde. “Não só médicos, mas enfermeiros, para trabalhar diretamente na área de saúde”. O instituto está conversando também com o Comitê Organizador Local dos Jogos Olímpicos para ver que tipo de atuação adicional terá durante o evento.

Em parceria com o Instituto Superar, o Into quer estimular seus pacientes com deficiências a fazer exercícios e se tornarem paratletas. “Alguns dos nossos pacientes já são paratletas e vão atuar nas Olimpíadas de 2016”. O Instituto Superar vai participar do Arraial Esportivo do Into, no Parque Madureira.

Centro de referência nacional para cirurgias de alta complexidade em ortopedia e traumatologia no Sistema Único de Saúde (SUS), o Into efetuou, no primeiro semestre deste ano, 5.074 cirurgias. O número é recorde na instituição. A meta acordada pelo Into na Justiça Federal é chegar ao final deste ano com 10,5 mil cirurgias realizadas, o que significará um incremento de quase 40% em relação a 2014, quando foram feitas 7.560 cirurgias. Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores