terça-feira, 18 de agosto de 2015

Catadora de material reciclável de Caicó é destaque na fanpage do Banco Mundial

imageO sonho da catadora de lixo, natural de Caicó/RN, Moana Nunes da Silva é ser modelo. Ela, ao lado de 11 famílias que compõe a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Caicó (Ascamarca), passa o dia separando material reciclável - plástico, vidro, latas e papelão, cujo destino são as usinas de reciclagem. É da venda desses materiais que eles tiram seu sustento.

Durante uma visita com jornalistas e uma equipe do Banco Mundial, a beleza, simpatia e educação da jovem Moana chamou a atenção de todos. Foi perguntado se Moana tinha algum sonho, ela apesar de ter um trabalho tão duro, revelou que seu sonho era ser modelo.

Todas as equipes fizeram entrevistas e fotos com a jovem. Várias matérias foram publicadas nos jornais locais e até internacionais, como foi o caso do El País, jornal espanhol, que também mostrou como é a rotina dos catadores de lixo e o que vem sendo feito para dignificar a vida dessas pessoas. No Rio Grande do Norte, a associação que Moana trabalha vai receber do governo do Estado, através do Projeto RN Sustentável, o financiamento do Banco Mundial no valor aproximado de  R$ 175 mil, para equipar a unidade de coleta seletiva com o intuito de fortalecer a economia e oportunizar melhor qualidade de vida para essas pessoas.

Hoje, a equipe de comunicação do RN Sustentável tentou localizar Moana para contar que mais uma vez sua foto é destaque, dessa vez no mundo virtual. Sua foto estampa a capa da fanpage do Banco Mundial ( https://www.facebook.com/BancoMundialBrasil?fref=nf)  .Soubemos que ela casou e está grávida de 3 meses e por enquanto não está mais indo trabalhar na associação de catadores de lixo.

“Desejamos saúde para Moana e seu bebê que vai nascer. Esperamos que alguém a localize para dizer que sua foto é o destaque da fanpage do BM e que continuamos trabalhando pelo desenvolvimento e pela sustentabilidade com o objetivo de intervir na vida das pessoas que vivem em estado de vulnerabilidade social e econômica”, disse Janaína Amaral, assessora de imprensa do Projeto RN Sustentável.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores