terça-feira, 18 de agosto de 2015

Ferdinando Teixeira destaca lançamento de livro sobre ABC no ano do centenário

imageDentro de campo, os resultados não são os melhores, mas em ano de centenário é importante resgatar a história vitoriosa de um clube como o ABC. Essa é a opinião de um dos profissionais mais vitoriosos da trajetória do “Mais Querido, o ex-treinador Ferdinando Teixeira.

Para Ferdinando, uma obra como “O Rosto Alegre da Cidade”, livro do jornalista Rubens Lemos Filho com 67 crônicas sobre a história do ABC, a ser lançado na próxima quinta-feira (20), vem engrandecer e coroar o resgate dessa história. “Um clube como o ABC, com 100 anos de história e mais de 50 títulos, merece ter sua história relembrada e bem contada”, afirma.

“O Rosto Alegre da Cidade” será lançado a partir das 19h, na sede do Clube dos Radioamadores do RN. Trata-se de um relato apaixonado sobre os grandes momentos do clube alvinegro, feito por quem o acompanha devotadamente há 38 anos. Lá estarão as histórias do Alvinegro, como o time de 83, que fez 114 no Campeonato Potiguar, as grandes decisões, os bastidores, etc.

Indagado sobre o inevitável contraste entre as equipes vitoriosas imortalizadas no livro e o mau momento do time do ABC no Campeonato Brasileiro da Série B, em pleno ano de centenário, Ferdinando Teixeira não titubeia: “Melhor nem comparar porque a diferença é tão grande que o torcedor que comparar não vai ao estádio. Se for comparar, não vai ninguém ao estádio. No ano do centenário, o time do ABC deveria ter sua torcida ao seu lado, o que infelizmente não vem acontecendo pelo momento do clube”.

"O Rosto Alegre da Cidade"

O livro "O Rosto Alegre da Cidade", lançado através da editora Flor do Sal, traz um passeio pela memória afetiva de Rubens Lemos Filho, cuja história se confunde com parte da história do Mais Querido. Abecedista por influência do pai, o saudoso jornalista e comentarista Rubens Lemos, Rubinho acompanha o Alvinegro desde os sete anos de idade. Foi testemunha dos grandes jogos e das grandes equipes de um futebol que, em grande parte, não existe mais. “O Rosto Alegre da Cidade” é a expressão desse sentimento.

“Faço uma espécie de testemunho da convivência de um torcedor com o ABC. É o resgate de um tempo. Aí estão presentes os ídolos que foram meus ídolos, as grandes vitórias, as derrotas que chorei na arquibancada, os episódios que considero importante na história do clube, que eu vivi, e também os episódios que foram narrados pelo meu pai”, explica.

Serviço

“O Rosto Alegre da Cidade"

Local: Sede do Clube dos Radioamadores do RN (Avenida Rodrigues Alves, 1004 / Tirol)

Data: 20 de agosto

Hora:  das 19h às 22h

Valor do livro: R$ 50

Contato para entrevistas:

Isaac Lira (98853-7495)

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores