terça-feira, 20 de outubro de 2015

Conferência de abertura da CIENTEC coloca a ciência a serviço da cidadania

imageQuando o professor de Física da Universidade de São Paulo (USP), Vanderley Salvador Bagnato, terminou sua conferência de abertura da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na manhã dessa terça-feira, para muitos havia-se desfeito o velho conceito de que o sol produz calor. Depois de afirmar que “o sol emite luz, que é bem diferente de calor”, os presentes puderam comprovar mais uma do conferencista do maior evento de ciência e tecnologia que a Universidade promove há 21 anos: “Ciência não é para cientistas. Ciência é para a cidadania”.
Ao ser convidado para abrir a CIENTEC, no auditório da reitoria do campus central da UFRN, este ano sob o tema Luz – Despertando olhares, acendendo idéias – o conferencista ponderou que “a luz é a base da vida, da ciência e de muitos conhecimentos” e arrematou em seguida: “A gente está aqui para mostrar o quanto a ciência é importante. A inovação não substitui a ciência. Ela vem complementar”. A conferência durou hora e meia, com direito a pergunta da platéia.
O conferencista
Autor de cinco obras publicadas e cerca de 500 artigos em periódicos especializados, Vanderley Bagnato é Ph.D. em Física pelo Massachusetts Institute of Technology em 1987 (MIT), e recebeu diversos prêmios, entre eles o  CBPF de Física. É professor titular do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), membro da Academia de Ciências do Vaticano e suas áreas de pesquisa são Física Atômica e Molecular; Óptica, Átomos, Átomos de sódio, Condensação de Bose-Einstein, Átomos frios, Colisões frias, Desaceleração de átomos, Espectroscopia, Terapia fotodinâmica PDT, entre outros.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores