terça-feira, 15 de julho de 2014

Concertos para La Epifania de Jesus serão retomados esta semana na Catedral

image

O presépio oriundo do México, que está exposto na Catedral Metropolitana desde meados de junho, por cortesia da embaixada mexicana, será saudado esta semana por cânticos de coros tradicionais.

Começa nesta quarta-feira, 16 de julho, nova temporada de concertos para saudar La Epifania de Jesus, presépio produzido por artistas mexicanos, que está em exposição na Catedral Metropolitana de Natal por cortesia da Embaixada Mexicana, desde o mês de junho. Amanhã, apresenta-se o Coral Corângelis. Na quinta, 17, Coral Infantil do IFRN, e na sexta, 18, Coral da Petrobras. A entrada é franca é o concerto tem início às 15h30.

As 23 obras que compõem o presépio, em tamanhos que variam de 110 cm a 170 cm, foram produzidas em barro cozido, esmalte e pigmentos minerais, pela tradicional Casa Talavera, da cidade de Puebla. A direção criativa é de Federico Muñoz Fuentes e Jorge Llaca Serna; direção artística de Jorge Llaca Serna. A Epifania de Jesus foi mostrada pela primeira vez no claustro do Museu Franz Mayer, na cidade do México, durante o tradicional Concerto do Dia dos Reis, coincidindo com o 25º aniversário do Museu.

A Epifania ou manifestação é um acontecimento religioso que corresponde a uma revelação, na qual profetas, bruxos, feiticeiros, médicos e outros personagens mítico-religiosos, interpretam visões e mensagens do além. Como festividade, o cristianismo celebra a Epifania como a presença humana do filho de Deus. A luz que desce ao mundo e que sob o nome de Jesus revela assim sua mensagem. Os adoradores são testemunha desse acontecimento. Veneram e confirmam com sua presença a manifestação divina do filho de Deus feito homem.

Simples mortais, homens e mulheres, convocados pela estrela de Belém, acodem a presenciar a manifestação e chegada do Messias. Os três reis magos acompanham o conjunto de adoradores a render respeito e adoração a Deus feito homem.

Serviço:

Concertos para La Epifania de Jesus – De 16 a 18 de julho, às 15h30, na catedral Metropolitana de Natal. Entrada franca.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores