quarta-feira, 8 de julho de 2015

Rogério Marinho: "Parlamentarismo pode ser solução para grave crise no país"

imageEm discurso no plenário da Câmara na noite desta terça-feira (07), o deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte, disse que o Brasil tem duas opções para sair da crise a que foi submetido pelo governo do PT: o impeachment da presidente Dilma Rousseff ou a implantação do parlamentarismo no país.

"A presidente da República não consegue retomar as rédeas do país; está catatônica vendo a banda passar. Não tem condições de pactuar com as forças políticas em prol do enfrentamento da crise e a retomada do equilíbrio no jogo político. O Petrolão bate às portas do Palácio do Planalto. Chega à antessala da Presidente da República e nas suas campanhas eleitorais. O desgoverno é intenso. A instituição do parlamentarismo no país pode ser a solução para a resolução dessa grave crise", disse o tucano.

Pouco antes, o parlamentar havia rebatido as críticas feitas pelos petistas aos discursos de lideranças do PSDB durante a convenção nacional da legenda, realizada no último domingo (05), quando a possibilidade de afastamento da presidente foi amplamente defendida. "O PSDB defende a legalidade e a Constituição. O PSDB defende que os governos não sejam imunes quando praticam malfeitos, corrupção, pedaladas fiscais", disse.

Segundo Rogério, diante dos vários problemas enfrentados pelo governo brasileiro, "a presidente da República parece estar perdendo o controle do país. Já enfrenta oposição até em seu próprio partido. O ex-presidente Lula dá sinais de que abandonou sua cria. Neste momento, o que todos esperam é equilíbrio e responsabilidade da presidente. Entretanto, o comportamento de Dilma Rousseff torna-se cada vez mais errático e sem nexo. Seus discursos públicos estão oscilando entre a futilidade, a virulência e as palavras sem sentido".

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores