sexta-feira, 24 de julho de 2015

Tesouro vende R$ 134 milhões em ações do Banco do Brasil no Fundo Soberano

A venda de ações do Banco do Brasil que estavam em poder do Fundo Soberano do Brasil (FSB) somou R$ 134 milhões, divulgou há pouco o Tesouro Nacional. Em nota, o órgão informou que a operação foi executada entre os dias 29 de junho e 15 de julho, com a comercialização de 5,625 milhões de ações ordinárias do banco.

De acordo com o Tesouro, o dinheiro arrecadado foi integralmente reinvestido no fundo, na compra de títulos públicos que compõem a rubrica Carteira Doméstica Efetiva. O valor da venda representa uma pequena fatia do total de ações do Banco do Brasil nas mãos do Fundo Soberano, que representam R$ 2,534 bilhões no fim de março, segundo os dados mais recentes.

No comunicado, o Tesouro explicou que a venda de ações foi necessária para readequar a carteira de investimentos do Fundo Fiscal de Investimentos e Estabilização (FFIE), braço privado do Fundo Soberano administrado pelo Banco do Brasil.

Em 2008, o Tesouro Nacional constituiu o Fundo Soberano com excedente do superávit primário em torno de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das reservas). De lá para cá, o fundo foi usado para financiar a capitalização da Petrobras, em 2010, e teve parte dos recursos sacados em 2012 e 2014 para reforçar o caixa do governo em tempos de crise.

                                                                    Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores