terça-feira, 7 de julho de 2015

SPM-RN realiza capacitação com profissionais para receber unidades móveis de enfrentamento a violência

Acontece nos dias 13 e 14 de julho a I Oficina de Capacitação para o Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres do Campo e da Floresta, promovida pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN e o Fórum Potiguar de Enfrentamento a Violência Contra as Mulheres do Campo e da Floresta. O treinamento será realizado na Cidade da Criança, em Natal.

O objetivo desta oficina é capacitar os profissionais, dos distritos e municípios que serão contemplados no roteiro das unidades móveis de enfrentamento à violência, sobre a desigualdade de gênero, com informações nas áreas de atendimento específicas e construindo uma proposta de metodologia de atendimento e monitoramento da política. A capacitação será realizada com a equipe de profissionais do município que atuam com essa temática, sendo um responsável pela saúde, um pela assistência social e um pela segurança. A expectativa é que a unidades móveis estejam em funcionamento até o final do mês de julho.

A Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN, em Março desse ano iniciou o processo de rearticulação do programa no estado constituindo o Fórum Potiguar de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres do Campo e da Floresta que tem atuado na formulação e acompanhamento do processo de implementação do programa, no Rio Grande do Norte as unidades foram recebidas em novembro de 2013.

As unidades móveis fazem parte do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e vão servir para reforçar a oferta de serviços públicos para aplicação da Lei Maria da Penha no campo e na floresta. A atuação das unidades será na prestação de serviços de assistência social e jurídica, psicologia e segurança pública a mulheres e trabalhadoras rurais em situação de violência.

Durante a visita da ministra Eleonora Menicucci e da coordenadora nacional do Programa de Enfrentamento a Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta, Raimunda Masceno, foi discutido custeio das unidades moveis e o planejamento e adequações necessárias para o funcionamento dessas unidades.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores