sexta-feira, 3 de julho de 2015

Sinfônica da UFRN é destaque na crítica alemã

image

A Orquestra Sinfônica da Escola de Música (OSUFRN) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN) volta da Alemanha com uma espécie de “selo de qualidade internacional na área de música” para a Escola, seus músicos e maestros, comenta o Professor Fabio Presgrave, da EMUFRN, a respeito da temporada alemã de 10 dias da Sinfônica da UFRN em junho de 2015.
Conforme Prof. Presgrave, o concerto da OSUFRN com a Orquestra da HochSchule fur Musik de Karlsruhe recebeu uma excelente critica no Jornal Badische Neuste Nachrichten. “A reportagem ressaltou a qualidade da orquestra e a clareza e estilo do Prof. André Muniz”, disse o professor.
Elogios
Os alunos da UFRN participaram de aulas, masterclasses, ensaios e concertos, conforme programação do pró-reitor da instituição alemã, Prof. Michael Uhde. No repertório da turnê peças de compositores como Beethoven e Dvorak, além dos brasileiros Guerra-Peixe, Camargo Guarnieri e Lorenzo Fernandez. A Orquestra apresentou também uma peça do Prof. Danilo Guanais, com solos dos Profs. Rucker Bezerra, Paulo França e do mestrando Diego Paixão.

O sucesso da Sinfônica da UFRN foi consagrado pela crítica positiva do país germânico, uma das mais exigentes em termos de musicalidade clássica, conforme experts no assunto. Os músicos da Orquestra Sinfônica da UFRN se apresentaram na cidade de Karlsruhe, com quem a Escola de Música da UFRN vem se relacionando desde 2009, a partir de festivais internacionais.
Os concertos foram “sucesso absoluto” de público e de crítica”, segundo o Professor da Escola, para quem “a cereja do bolo foi ter conseguido uma crítica enorme no Jornal de Karslruhe, elogiando a orquestra e o Prof. André de A a Z”. É muito difícil conseguir uma crítica boa de música clássica nos jornais alemães. Grandes artistas brasileiros passam a vida sem conseguir isso. É algo que não sonhávamos”, comentou Fabio Presgrave.
Relações internacionais
Por meio de convênio com a instituição alemã HFM Karlsuhe, a partir de 2013 cinco alunos da Escola de Música da UFRN foram com bolsa do edital UNIBRAL para a Alemanha e a ESMUFRN recebeu quatro alunos alemães. O convênio é um dos pilares da internacionalização da EMUFRN, que já recebeu a doação de instrumentos históricos, a concessão de bolsas de estudo e mantém o fluxo contínuo de alunos e professores.
Por meio do correio eletrônico, o secretário de Relações Internacionais e Institucionais (SRII), Márcio Venício Barbosa, cumprimentou o maestro da Orquestra como um dos responsáveis pelo “sucesso” do trabalho da equipe da sinfônica nessa temporada estrangeira. “Recebam nossos sinceros agradecimentos pela visibilidade que dão, com a qualidade desse trabalho, a toda a UFRN e à nossa política de internacionalização”.
“O trabalho do Professor e maestro André foi simplesmente incrível e os elogios do jornal à atuação dele como regente são singulares”, discorreu o Professor Fabio para a SRII e para a reitora Angela Maria Paiva Cruz. “É o primeiro professor da nossa Escola a ter esse tipo de destaque em terras alemãs. Nossos alunos estão em verdadeiro estado de êxtase com a viagem. O esforço todo nesse ano de crise foi recompensado e terá vários desdobramentos”, concluiu
.(Sirleide Pereira e Fabio Presgrave – Ascom-reitoria/UFRN)

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores