quarta-feira, 18 de março de 2015

DEM apoia pedido feito pelo PPS ao STF para investigar presidente Dilma na Lava Jato

imageA oposição decidiu nesta terça-feira (17) apoiar o agravo regimental impetrado pelo PPS no Supremo Tribunal Federal (STF) que pede investigação da presidente Dilma Rousseff no esquema de corrupção da Petrobras. Representantes do Democratas, PSDB, Solidariedade, PPS e PP se reuniram, na Liderança do PSDB, para apoiar o recurso apresentado ao ministro relator do caso, Teori Zavascki, na última sexta-feira (13), para que ele reconsidere sua decisão e autorize a investigação da chefe do Executivo na Operação Lava Jato.

“Nós, da oposição, estamos agindo em sintonia com o sentimento popular. Nas manifestações do último domingo, vimos que a população está indignada e exige uma reposta sobre a participação da presidente no caso da Petrobras”, ressaltou José Agripino, presidente nacional do Democratas. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu não pedir abertura de inquérito sobre a atuação da presidente Dilma Rousseff, posição acatada pelo ministro Teori Zavascki.

Na ação apresentada pelo PPS, o partido argumenta que o STF já tem entendimento de que é possível um chefe do Executivo ser investigado no exercício do mandato e, eventualmente, responder somente após sua saída do cargo. O pedido será analisado pelo plenário do STF.

O nome da presidente Dilma Rousseff surgiu no depoimento do doleiro Alberto Youssef, que apontou que integrantes da cúpula do governo, entre eles a chefe do Executivo, sabiam do esquema de corrupção na Petrobras.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores