quinta-feira, 12 de março de 2015

Combate à seca é tema de audiência na Assembleia

Crédito da foto: Eduardo Maia

O combate à estiagem no Rio Grande do Norte será tema de audiência pública na manhã desta sexta-feira (13). O evento ocorrerá no Plenário na Assembleia Legislativa, a partir das 9h30, e pela primeira vez utilizará o recurso de videoconferência, integrando outros municípios do interior do estado. Dessa vez, a população de São Tomé e Angicos participará da discussão através do recurso.
Atualmente, o Rio Grande do Norte sofre com o colapso de água e, de acordo com os dados da Companhia de Águas e Esgotos do RN (CAERN), dez municípios estão em colapso no abastecimento: Pilões, Doutor Severiano, Antônio Martins, Carnaúba dos Dantas, João Dias, Luís Gomes, Paraná, Riacho de Santana, São Miguel e Tenente Ananias. Outras quatro cidades estão em rodízio de abastecimento: Acari, Caicó, Currais Novos e Equador.
A audiência pública foi proposta pelo deputado Hermano Morais (PMDB), que enalteceu a importância de discussão sobre o tema. “O poder público não deve abster de um tema tão importante para a população, e mais do que discutir, tem que buscar soluções imediatas à emergencial questão”, destaca o deputado Hermano.
O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), lembrou ainda da importância de debater o assunto com a população nos municípios. “A seca atinge todo o Rio Grande do Norte e a Assembleia tem a preocupação de debater o assunto com a população no interior e a videoconferência fará a ligação entre os municípios”, comenta Ezequiel.


Além dos deputados estaduais, confirmaram presença na discussão representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Secretaria de Estado de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetarn) e Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), além de prefeitos e representantes da sociedade civil.
Videoconferência
Na primeira Audiência Pública do ano, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte transmitirá, de forma inédita, todo seu conteúdo por meio de videoconferência. Serão instalados nos auditórios das Câmaras Municipais de Angicos e São Tomé equipamentos que permitem a recepção e transmissão de imagens via internet. Dessa forma, o público presente nestes espaços poderá assistir e interagir, em tempo real, com o público da audiência pública.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores