segunda-feira, 28 de setembro de 2015

RN pela Transposição: Prefeitos querem solução definitiva para resolver colapso

Prefeitos de todas as regiões do RN, principalmente as mais afetadas pela seca, como a Seridó e Oeste, esperam do RN pela Transposição que sejam apontadas soluções para resolver a curto e longo prazo o problema da falta de água nos municípios.
O prefeito de Mossoró e presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn), Francisco José Silveira Júnior (PSD), disse que se trata de um evento ímpar por reunir o Legislativo e Executivo, nos níveis municipal, estadual e federal.

“Hoje temos treze municípios em colapso, com expectativa de ir para 42 e já são 153 cidades em estado de emergência. O momento pede soluções alternativas, mas principalmente definitivas, como é o caso da transposição”, afirmou o presidente da Femurn.
Uma das cidades em colapso, Acari vivencia diariamente o cenário desolador da falta de água no Açude Gargalheiras, uma das atrações turísticas do RN e que também abastece Currais Novos. O prefeito do município, Isaías Cabral (PMDB) afirmou que se a transposição já tivesse acontecido com antecedência, a situação seria bastante diferente da atual.
“Temos que avançar, para ter mais segurança hídrica e também na questão de adutoras. A transposição merece que lhe seja dedicada total importância. Hoje nos deparamos com a prioridade de ter que oferecer condições para que os municípios tenham acesso a carros pipa, mas é preciso avançar nas adutoras de engate rápido, como é o caso da que vem da Armando Ribeiro pra Acari’, disse o prefeito.
O evento está sendo realizado na manhã desta segunda em parceria da Assembleia Legislativa com o Senado e reúne autoridades e lideranças do Rio Grande do Norte, contando ainda com a presença do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores