terça-feira, 15 de setembro de 2015

Governador leva plano de enfrentamento aos efeitos da seca ao Ministério da Integração

imageO governador Robinson Faria vai apresentar o plano estadual de enfrentamento aos efeitos da seca, em Brasília, nesta terça-feira (15). As ações de combate aos efeitos da estiagem foram definidas em reunião realizada na manhã de hoje (14), na sede da Governadoria, e serão levadas Ministério da Integração Nacional. O plano é pensado para os próximos 180 dias e atenderá aos 153 municípios potiguares em pior situação.

Ampliação do abastecimento por carros pipa, utilização de forragem para alimentar os animais, perfuração e instalação de poços, e o combate à praga Conchonilha Carmin - que atinge a palma - estão entre as medidas.  Estima-se que sejam necessários cerca de R$ 64 milhões para executar todas as ações.  

Participaram da confecção do plano os secretários estaduais dos Recursos Hídricos, Mairton França, e da Agricultura, Haroldo Abuana, além de representantes do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), da Companhia de Águas e Esgotos (Caren), do Instituto de Gestão de Águas (Igarn), Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) e Defesa Civil. No encontro, foram detalhados os projetos já em andamento e o cenário real de cada região. 

“As ações do Governo do RN serão articuladas e coordenadas para ter maior alcance possível, e assim o melhor resultado para amenizar o sofrimento da população castigada pela seca", destacou a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, que conduziu a reunião.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores