quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Ministro elogia professores ao premiar vencedores de olimpíada

Os estudantes pernambucanos Gustavo Messias Barbosa (E) e Jullyo César Ferreira da Silva estão entre os cinco vencedores da olimpíada na categoria Poema (foto: Isabelle Araújo/MEC)

O ministro da Educação, Henrique Paim, destacou nesta quarta-feira, 17, a importância do professor para o sucesso do Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado este ano. “Não tenho dúvida de que o sucesso da implementação do PNE passa pela valorização do professor”, disse o ministro, ao participar da solenidade de premiação dos vencedores da Olimpíada da Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. “Se não valorizarmos esse profissional, não teremos as melhorias da educação básica que o país precisa.”
A solenidade, em Brasília, reuniu os 152 estudantes finalistas (38 de cada gênero) e seus professores. “A Olimpíada de Língua Portuguesa é uma celebração, uma grande festa”, disse Paim.
Na quarta edição da olimpíada, os trabalhos abordaram os gêneros literários opinião, crônica, poema e memórias literárias. Em todas as categorias, os estudantes escreveram sobre um tema único, O Lugar Onde Vivo. Foram escolhidos 20 vencedores nacionais. Além da medalha olímpica, cada professor e aluno receberam um notebook e uma impressora. A escola da dupla também foi premiada com dez microcomputadores, uma impressora, além de um projetor multimídia, telão para projeção e livros. A escolha foi feita por uma comissão de dez pessoas.
Com o poema Lá Vem...Lá Vem... o estudante Jullyo César Ferreira da Silva, 12 anos, de Petrolina (PE), foi um dos vencedores na categoria Poema. Ele descreve o Rio São Francisco e o surgimento de uma comunidade depois da enchente de 1980. “Estou muito feliz e emocionado com o prêmio”, ressaltou o estudante.
Iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), a Olimpíada da Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro busca aprimorar a prática dos professores em sala de aula para ajudar os alunos de escolas públicas a evoluir na leitura e na escrita. Nesta edição, foram feitas 170.266 inscrições de professores de 5.014 municípios.
Mais informações na página da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro na internet. Mylene Brum Oliveira. Confira os 20 vencedores da olimpíada, por categoria

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores