segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Douglas D'Silva perde 17kg em um mês e vence primeira no UFC

Não bastasse a preparação em diversas modalidades de artes marciais, os lutadores de MMA ainda enfrentam uma outra “luta” fora do octógono. Para a maioria deles, a perda de peso é uma das maiores batalhas enfrentadas antes do confronto. Neste domingo (22), no UFC Porto Alegre, Douglas D’Silva, atleta da Pitbull Brothers, conquistou a sua primeira vitória na organização sobre o americano Cody Gibson. Antes de entrar em ação no evento, o lutador perdeu 17kg em um mês.

Para a sua segunda luta no UFC, D’Silva foi para Natal, no Rio Grande do Norte, para realizar uma preparação especial na Pitbull Brothers. Além de ter o apoio de feras como Patrício Pitbull, campeão do Bellator, o lutador teve todo o suporte da equipe de preparação. Os treinos e a dieta foram acompanhados de perto por Mario Novaes, preparador físico da PB.

"D'Silva chegou aqui faltando um mês para a luta e pesando um pouco mais de 78kg, além de uma lesão grave na virilha. Por ter muita massa muscular e um baixo percentual de gordura, o processo acabou precisando ser um pouco diferente do que costumamos fazer, mas graças a Deus deu tudo certo. Ele teve o apoio de um restaurante aqui em Natal, o Lettuce, especializado em comidas saudáveis e funcionais. Uma das proprietárias é nutricionista e deu um imenso suporte na dieta dele. E uma loja local, a DN Suplementos, forneceu toda a suplementação”, comemora o preparador.

Na semana da luta, Douglas ainda precisou perder peso, em um processo que foi considerado um sucesso para chegar no auge na luta. “O segredo estava nas refeições, mantendo ele sempre nutrido, e nos treinamentos que realizamos aqui, tentando desgastá-lo o mínimo possível. A desidratação só foi necessária porque ele chegou na academia há um mês com mais de 17kg acima da categoria e é a primeira vez na carreira que ele luta como peso-galo, mas fizemos o processo da forma menos invasiva possível. Geralmente atletas quando perdem tanto peso ficam debilitados, é natural, mas ele quanto mais peso baixava mais energia tinha. Com o acompanhamento correto, ele chegou muito bem fisicamente na luta”, destaca Mario Novaes.

Vitória por decisão unânime

A luta contra o americano Cody Gibson foi bastante equilibrada. No entanto, com um cartel de agora 23ª vitórias em 24 lutas, D’Silva conquistou uma vitória por decisão unânime (29-28, 30-27 e 29-28). Enquanto isso, Gibson sofreu sua sexta derrota em 18 lutas.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores