terça-feira, 16 de junho de 2015

Projeto ‘Autores Potiguares na Escola’ contemplará mais dez escolas públicas de Natal

Proveniente do salário da vereadora Eleika Bezerra, projeto chega à quarta etapa

Amanhã (17) será realizada a quarta etapa do projeto ‘Autores Potiguares na Escola’, desenvolvido pela vereadora Eleika Bezerra (PSDC). Na ocasião, mais dez escolas serão contempladas com um kit composto por estante expositora em aço e 60 exemplares de obras literárias de autores potiguares. O investimento é de R$ 18,2 mil, proveniente do salário da parlamentar, que beneficiará quase 5 mil alunos. A solenidade acontecerá às 9h30, na Escola Municipal Professor Zuza, localizada na avenida MIguel Castro, no bairro de Nossa Senhora de Nazaré, zona oeste de Natal.

As unidades escolares contempladas estão distribuídas nas quatro regiões administrativas da capital potiguar, sendo elas, as escolas municipais Veríssimo de Melo (oeste), Angélica Moura (oeste), Otto de Brito Guerra (sul), São José (sul), Iapissara Aguiar (norte), Professor José de Andrade Frazão (norte), Joseane Coutinho (norte), Professor Zuza (oeste) e Joaquim Honório (leste).

Durante a solenidade estão previstas presenças de autores potiguares como José de Castro, Celeste Borges, Marise Castro e Daliana Câmara Cascudo, Salizete Freite, além de representantes das escolas contempladas nesta etapa.

O projeto vem sendo desenvolvido desde agosto de 2013 e tem por finalidade possibilitar a divulgação, valorização e conhecimento das obras literárias dos escritores potiguares no cotidiano escolar da rede municipal de ensino de Natal. Nas três etapas já realizadas, 30 outras escolas foram beneficiadas, somando recursos na ordem de R$ 52 mil.

A ideia do ‘Autores Potiguares na Escola’ surgiu após aprovação da Lei nº 383/2013, de autoria da vereadora Eleika Bezerra, que torna obrigatória a exposição de cota mínima de 2,5% para as obras de literatura produzidas por autores potiguares nos estabelecimentos onde se comercializam livros, localizados no município de Natal. O projeto desenvolvido é realizado com recursos financeiros provenientes do salário da parlamentar enquanto vereadora da capital potiguar.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores