quinta-feira, 18 de junho de 2015

RN sustentável apresenta diretrizes do projeto Piloto de Combate à Desertificação que envolverá três municípios do RN e três da PB

imageUm grupo de estudos formado por representantes dos estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba com parceria do RN Sustentável, Banco Mundial, da FAO, MMA, ADESE, INSA e UNCCCD, estão na fase final de apresentar o Projeto Piloto de Combate à Desertificação nos dois seridós. As diretrizes do piloto foram apresentadas no Dia de Combate à Desertificação, que aconteceu em Caicó, pela gerente do Projeto RN Sustentável, Ana Guedes.

“O desafio desse piloto é pensar e unir ideias de forma conjunta e não isoladas, com ações impactadas no combate à desertificação tendo como área prioritária os dois seridós, do Rio Grande do Norte(RN) e da Paraíba(PB), já que ambos têm a mesma natureza de biodiversidade e sofrem com o processo de desertificação. Os estudos foram iniciados neste ano por um grupo de trabalho formado por representante de todas as entidades citadas”, disse Ana.

No RN os três municípios que farão parte do piloto serão: Carnaúba dos Dantas, Parelhas e Equador. Na Paraíba os municípios são: Várzea, Santa Luzia e São José do Sabugi.

O piloto buscará integrações das ações já existentes como recuperação do solo, manejo de paisagens, manejo de recurso naturais, recuperação de áreas naturais, e troca de experiências de convívio com a seca garantindo que ações implementadas no combate à desertificação não sofram descontinuidade.

Durante a apresentação do Projeto Piloto de Combate à Desertificação, o Projeto RN Sustentável recebeu o prêmio “Dryland Champions – Eu sou parte da solução”, concedido pela Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD). A solenidade aconteceu no dia de combate à Desertificação, 17 de junho, no Centro Pastoral Dom Wagner em Caicó – RN.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores