terça-feira, 14 de outubro de 2014

Jovens atendidos pela Fundac participam de ação na Escola Agrícola de Jundiaí

image Os adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Rio Grande do Norte, que são atendidos pela Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac/RN), participaram nessa segunda-feira (13) de uma ação solidária promovida pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Consec). Os doze jovens que cumprem medida de semiliberdade no Ceduc Nazaré e no Ceduc Padre João Maria visitaram as instalações da EAJ e participaram de palestras sobre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Durante o encontro foram apresentadas aos adolescentes as oportunidades que eles terão com a parceria que será firmada entre a Escola Agrícola de Jundiaí e a 1ª Vara da Infância e Juventude da Natal, onde será ofertado cursos do Pronatec para a qualificação profissional dos jovens. “Já vínhamos discutindo essa possibilidade e hoje ela esta cada vez mais próxima de se concretizar”, disse o diretor da EAJ, Júlio César de Andrade Neto.

Para a diretora Técnica da Fundac, Tomázia Isabel Araújo, essa parceria só vem para ajudar ainda mais a melhorar a vida dos adolescentes. “Acredito que o horizonte que se apresenta é de se firmar essa parceria que vai ser de grande importância para o adolescente em cumprimento de medida socioeducativa. Essa profissionalização vai ajudar a organizar suas vidas”.
De acordo com o juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de Natal, José Dantas de Paiva, os cursos que serão oferecidos pelo Pronatec também fazem parte da execução das medidas socioeducativas. “Os cursos ajudarão na progressão da medida do adolescente”.
O juiz disse ainda que os pais dos jovens também serão contemplados com a capacitação do Pronatec. “Muitos adolescentes me pedem uma oportunidade e essa oportunidade que estamos dando é impar, oportunidade essa que pode mudar a vida do adolescente e dos pais deles, que também poderão fazer os cursos”, afirmou José Dantas.
O coordenador geral do Pronatec-EAJ, João Inácio da Silva Filho, informou que equipes pedagógicas da Fundac, da 1ª Vara da Infância e Juventude e da Escola Agrícola de Jundiaí estão trabalhando para adequar os cursos que serão ofertados à realidade dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa. “Ainda estamos definindo o melhor local e os cursos que tenham a maior aplicabilidade dentro da realidade dos adolescentes e familiares. A previsão é que as aulas comecem no início do próximo ano”.
O encontro contou também com a participação de cerca de 90 jovens e familiares atendidos pelo Serviço de Execução de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto da Cidade do Natal (SEMSEMA).
PRONATEC
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal em 2011, com o objetivo de ampliar, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional presencial e a distância.







Receba as notícias do Blog por email

Seguidores