quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Assembleia concede medalha do mérito a personalidades de destaque no RN

Crédito da foto: João Gilberto

Na sessão solene para entrega da medalha do Mérito Legislativo, realizada esta manhã (27), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS), afirmou que o Parlamento se sente honrado em condecorar as pessoas que transcenderam o individualismo em nome do sucesso coletivo, exercendo a justiça, praticando cidadania ou fazendo da iniciativa privada o caminho para a geração de empregos e a distribuição de renda para os mais humildes.
“São cidadãos e cidadãs que não se conformam em cumprir a sua vida de maneira protocolar e trivial. São homens e mulheres que dão exemplo de lisura, competência, caridade e dedicação para o desenvolvimento dos seus conterrâneos”, afirmou o presidente.
A medalha do Mérito Legislativo destina-se a distinguir e condecorar autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social civil ou militar pela prestação de serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao Estado.
O presidente disse que a Medalha do Mérito Legislativo é a legítima distinção a cidadãos e cidadãs que, exercendo com dignidade seu ofício, prestam bons serviços à população, engrandecem o nosso Estado e exercitam o seu dever de servir ao próximo.
Foram agraciadas dez personalidades, sendo nove com a Medalha do Mérito Legislativo e uma com a Medalha do Mérito Social Maria do Céu. Com o Mérito Legislativo os desembargadores Eridson Fernandes de Medeiros (TRT), Virgílio Macedo, presidente do TRE; Aderson Silvino, presidente do TJRN. Além deles, o comandante da Polícia Militar do RN, coronel Araújo, o médico Silvério Soares de Souza Neto , o radialista José Regis, Luiz Soares de Macedo Neto, ex-combatente na Segunda Guerra Mundial, jornalista Canindé Queiroz, João Francelino Filho (in memoriam) e com a medalha do Mérito Social Maria do Céu a juíza da 2ª Vara da Família Maria Neize Andrade Fernandes.
            Falando em nome de todos os homenageados, o desembargador Aderson Silvino agradeceu a lembrança do seu nome e afirmou que a magistratura é primordialmente um compromisso com todos os que fazem a nação e o Estado. “É também uma experiência existencial, não é um privilégio, mas uma missão de distribuir justiça, um instrumento social em prol do avanço e do bem-estar. Por tudo isso, é uma incumbência desafiadora”, disse.
            O magistrado afirmou que exercer o seu ofício é ter a expectativa de dias melhores e mais justos: “É com essa consciência que recebo a homenagem. Trata-se de uma honraria receber essa dignificante homenagem”.
HOMENAGEADOS
MEDALHA DO MÉRITO LEGISLATIVO
1 –Eridson Fernandes de Medeiros 
2 – Virgílio Macedo
3 –Coronel Araújo
4 –  Aderson Silvino
5 - Silvério Soares de Souza Neto
6 - José Regis de Souza
7 - Luiz Soares de Macedo Neto
8 - Canindé Queiroz
9 - João Francelino Filho (in memoriam)
MEDALHA DO MÉRITO SOCIAL MARIA DO CÉU
1 – Juíza Maria Neise Andrade Fernandes

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores