segunda-feira, 11 de maio de 2015

AFDM- RN entra na justiça para que município de Natal garanta internação psiquiátrica

Nesta terça-feira(12), às 9h, no Fórum Miguel Seabra, acontece audiência de Conciliação entre o Município de Natal e a Associação de Amigos e Familiares dos Doentes Mentais do Rio Grande do Norte (AFDM-RN). A ação foi proposta pela AFDM com a finalidade de que a justiça intervenha determinando o repasse imediato para o Hospital Severino Lopes das verbas  mensais do SUS e faça a complementação da diária, garantindo o custeio, por prazo indeterminado, de todas as despesas com o tratamento integral dos pacientes atendidos.

                A direção da AFDM-RN decidiu entrar com a ação na justiça diante das ameaças constantes do fechamento do atendimento pelo SUS no Hospital Severino Lopes o que pode deixar milhares de pacientes desassistidos. A associação tem acompanhado toda a luta da instituição pela sobrevivência e está ciente que há um constante desequilíbrio econômico-financeiro com sérias dificuldades em manter o funcionamento, devido aos baixos valores de remuneração pagos pelo SUS, estando, desde 2009, a diária hospitalar em R$43,73. São constantes as ameaças de fechamento e os usuários e familiares se sentem impotentes, desamparados e extremamente preocupados com essa possibilidade.

Segundo dados do DATASUS(2008)  o número de mortes de doentes mentais e comportamentais aumentou em 41% entre 2001 e 2006 (respectivamente, 6.655 e 9.398 mortes) no Brasil. No mesmo período, um quarto dos leitos psiquiátricos do país foi fechado, sem que fossem criados serviços substitutos suficientes. A falta de tratamento adequado é que agrava e torna a pessoa inválida e muitas vezes leva a morte do indivíduo.  A falta de cuidado atinge não só ao doente, mas à sua família, e a comunidade. O sofrimento mental é de todos que convivem com o doente sem assistência, porém a família, por estar mais próxima, acaba adoecendo também, então o número de pessoas deprimidas, ansiosas, angustiadas, sem esperanças, acaba aumentando.

Esse hospital é a única entidade existente no Estado do Rio Grande do Norte que trabalha nesse segmento da assistência psiquiátrica hospitalar com a filantropia. Mais de 70% da sua assistência é voltada para o atendimento através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na segunda feira, além do represente da AFDM que irá participar da reunião, estarão presentes ao Fórum uma comissão  composta por membros da Associação. Também foi convocada para a audiência a direção do Hospital Severino Lopes.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores