quinta-feira, 21 de maio de 2015

Pais são aprovados em curso no IFRN e serão calouros da filha

Pais são aprovados em curso no IFRN e serão calouros da filha

Naquela quarta-feira, 8 de abril, Tayná Marcela abriu a lista de aprovados no curso de Guia de Turismo e viu que seus esforços não foram em vão. Seus pais haviam sido admitidos no IFRN Cidade Alta e, melhor ainda, no mesmo curso que ela. Seriam seus calouros.

Mauro Clebson, pai da adolescente, é tapeceiro. O incentivo da filha foi a força motriz para sua aprovação. Nessa família os papéis se inverteram e era a jovem que pedia dos pais dedicação aos estudos. “Todo dia ela cobrava da gente. ‘Estudem! Vocês tem que se empenhar para passar’, ela dizia. Foi Tayná que fez a nossa inscrição e ficava incentivando para que fizéssemos o mesmo curso que ela”, revelou Mauro.

A admiração pela escola e insistência da filha acabou despertando o interesse de Taís Andreza, mãe da aluna. “O meu maior incentivo foi dela mesmo. Minha filha sempre falava bem do curso. Um dia, quando eu cheguei em casa, Tayná disse que tinha feito a inscrição da gente na prova. Eu falei que não ia fazer, mas ela insistiu.  Depois, me incentivou a me empenhar e agora estou aqui”, declarou a nova aluna.

Além de querer um futuro melhor para os pais, Tayná também estava atenta aos sonhos que eles tinham. Desde jovem, quando trabalhou como guia mirim, Mauro sempre gostou da área de turismo, mas acabou se afastando do setor. “Eu já estudava petróleo e gás, mas era um curso que eu não estava satisfeito. Sempre fui apaixonado por turismo. Aí quando surgiu a oportunidade eu resolvi voltar”, confessou o pai.

A área do turismo segue crescendo em nossa região. O Curso Técnico Subsequente em Guia de Turismo do IFRN Cidade Alta prepara o profissional do setor para trabalhar com o acolhimento e recepção de pessoas e outras atividades ligadas à hospitalidade.

Mauro e Taís sabem do desafio que está por vir mas o orgulho de ser “Família IF”, como Tayná gosta de chamar, é maior. “A gente passou muito tempo fora de sala de aula e agora tá retomando os estudos. É um desafio muito grande, é sacrificante, mas vale a pena”, finaliza o pai e aluno orgulhoso. 

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores