quarta-feira, 15 de outubro de 2014

TRT-RN: Acordo evita bloqueio de renda do jogo entre ABC e Cruzeiro

image Um acordo firmado entre o ABC Futebol Clube e o atleta Ricardo Oliveira, no final da manhã desta quarta-feira (15), na 6ª Vara do Trabalho de Natal,  garantiu o pagamento de uma dívida trabalhista no valor de R$ 158 mil reais e evitou o bloqueio de parte da renda do jogo do time potiguar contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

O ABC foi condenado por ter assinado a carteira de trabalho do jogador com um salário mensal de R$ 1 mil, enquanto pagava, de fato, R$ 23.500,00 por mês ao atleta.

Em sua sentença, o juiz Dilner Nogueira, da 6ª Vara do Trabalho de Natal, determinou que o clube a retificasse a carteira de trabalho de Ricardo Oliveira e pagasse os valores referentes ao FGTS, férias e 13º salários, com base no que o atleta deveria ter recebido à época em que atuou no ABC.

Com a determinação de bloqueio da arrecadação do jogo de hoje, no estádio Arena das Dunas, o clube apresentou proposta de acordo para pagamento da dívida, que soma R$ 157.584,04.

Na audiência de conciliação, representantes do ABC e de Ricardo Oliveira fecharam um acordo para pagamento, já a partir do próximo mês, de uma parcela de R$ 28 mil reais e mais treze de R$ 10 mil a partir de dezembro.

Além do pagamento, o clube comprometeu-se a carteira do jogador com o salário referente ao período da prestação de serviço do atleta, que ocorreu nos anos de 2010/2011.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores