sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Só após a deflagração da greve, Secretária Ilzamar envia Ofício à Entidade

Após a deflagração da greve dos servidores da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (SEMTAS) nesta quinta-feira (8), foi enviado ao SINSENAT às 15h30min, o Ofício de número 3118/2014, com data de 31 de dezembro de 2014, anexado a ele estava o espelho do processo de criação da Gratificação de Apoio Funcional dos Educadores Sociais (GAES).

A criação da gratificação foi um compromisso assumido pela Gestão em reunião na Procuradoria Geral do Município, no dia 10 de dezembro de 2014. A Secretária Ilzamar Pereira da Silva se comprometeu em enviar o espelho de tal processo até o dia 12 de dezembro, o que não ocorreu.

Passamos mais de 20 dias solicitando o envio da informação, e fomos solenemente ignorados. Em uma manobra política, a Secretária Ilzamar decide enviar Ofício atendendo tal reivindicação após deflagração da greve, comprovando que o diálogo e as tentativas de negociação não são prioridades desta Gestão.

Em respeito à população da nossa Cidade, divulgamos Ofício encaminhado ao Prefeito Carlos Eduardo, aos secretários Fábio Sarinho (SEMAD), Ilzamar Pereira da Silva (SEMTAS), ao promotor Marcus Aurélio de Freitas Barros e ao líder do Prefeito na Câmara dos Vereadores, Vereador Júlio Protásio.

Nele, explicitamos nosso posicionamento para a volta ao trabalho, o que esperamos que ocorra com a maior brevidade possível, uma vez que não se trata de novas reivindicações, e sim o que já havia sido acordado com a Gestão Municipal, e que, infelizmente, não foi cumprido, culminando na deflagração da Greve.

Segue link para acesso ao Ofício enviado ao SINSENAT pela SEMTAS, e a resposta da Entidade: www.sinsenat.org

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores