sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Cursos técnicos do Prontec iniciam em sete municípios do RN

image Cecília Oliveira- Comunica Pronatec/EAJ-UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) através da Escola Agrícola de Jundiaí e a Secretaria Estadual de Educação (SEEC) realizaram ao longo desta semana aulas inaugurais dos cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nos municípios de Natal, Mossoró, Assú, Jucurutu, Apodi, Santa Cruz e Serra do Mel.
A parceria entre as Instituições irá ofertar nesta primeira etapa cursos técnicos em Segurança do Trabalho, Apicultura, Informática, Guia de Turismo, Manutenção e Suporte em Informática e Agroecologia nos municípios de Natal, Mossoró, Jucurutu, Serra do Mel, Jardim do Seridó, Santa Cruz, Parelhas, Caraúbas, Apodi e Assú.

As aulas realizadas nas Escolas Estaduais Prof. Luiz Antônio, Abel F. Coelho, Juscelino Kubitschek, Newman Queirós, Antônio Dantas, Valdemiro Pedro Viana, José Bezerra Cavalcante e Padre José de Anchieta, contaram com a presença da equipe administrativa e pedagógica das escolas, além de Diretores, Professores e representantes da Secretaria Estadual de Educação, Diretorias Regionais de Educação - DIRED e da Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN.
“A parceria entre Secretaria Estadual de Educação e Escola Agrícola de Jundiaí para a oferta de cursos técnicos para alunos da rede estadual de ensino, surge de uma demanda da própria comunidade escolar e desempenha um novo papel na formação dos jovens. Com o Pronatec instalado nas escolas, aproximamos a UFRN da comunidade e preparamos os alunos para os desafios do mercado de trabalho”, explica a Secretaria Estadual de Educação, Betânia Ramalho.
Para a aluna Ingrid Tauany Gomes da Silva, 17 anos, completar sua formação com um curso de Guia de Turismo é uma oportunidade única e muito valiosa. “Esta oportunidade é muito positiva para minha formação profissional, meus pais ficaram muito felizes em saber que estou tendo uma formação técnica voltada para o mercado de trabalho. Santa Cruz é um polo de turismo religioso, com a formação em Guia de Turismo posso conseguir um emprego na área”.
Segundo a Coordenadora Adjunta dos Cursos Técnicos do Pronatec/EA/UFRN, Professora Késia Silva, a oferta de cursos técnicos para alunos do ensino médio da rede estadual é uma oportunidade para aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho. “O Pronatec se mostra como uma oportunidade de capacitação, os cursos técnicos ofertados pela Escola Agrícola de Jundiaí em parceria com a Secretaria Estadual de Educação contam com profissionais qualificados selecionados através de edital para proporcionar a melhor formação para estes jovens e para os municípios”, declarou Kesia Silva.
A Coordenadora pedagógica da Escola Estadual José Francisco Bezerra Cavalcante em Santa Cruz, Maria José de Souza, destaca que a parceria da SEEC com a Escola Agrícola de Jundiaí é muito positiva para os alunos. “Com a oferta de cursos do Pronatec em parceria com a Escola Agrícola de Jundiaí vamos possibilitar aos alunos que conquistem a capacitação que precisam de forma gratuita e em conformidade com as demandas do mercado local”.
Durante as cerimônias de aula inaugural, os alunos foram apresentados ao corpo docente e receberam os kits escolares do Pronatec.
Parceria entre SEEC e UFRN
A oferta de cursos técnicos através do Pronatec com a parceria da SEEC e EAJ/UFRN atendeu inicialmente o Colégio Estadual do Atheneu Norte-Riograndense em Natal, Escola Estadual José Biezinger, São Gonçalo do Amarante e a Escola Estadual Professora Auta de Souza em Macaíba, com cinco cursos técnicos em 2013.
Intensificando esta parceria com a SEEC, estão sendo ofertados em onze escolas da rede estadual, cursos técnicos na forma concomitante em escolas da rede estadual que foram contempladas com o Programa Brasil Profissionalizado e estão autorizadas a funcionarem como Escolas de Educação Profissional.
Além da qualificação dos alunos da rede estadual, a parceria visa oferta de cursos do Projovem Urbano e a qualificação de funcionários terceirizados e servidores da Secretaria Estadual de Educação.
Seleção
A seleção dos alunos foi realizada através do Sigeduc e teve como critério de seleção a média do último ano das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Não podendo participar alunos menores de 15 anos. Nesta primeira etapa serão beneficiados 380 jovens.












Receba as notícias do Blog por email

Seguidores