sábado, 9 de agosto de 2014

Acari recebe o primeiro Marco da Paz do Nordeste

image Acari é a primeira cidade do nordeste brasileiro a receber o Monumento Marco da Paz. A solenidade de inauguração, nesta sexta-feira (08), contou com a presença da Governadora Rosalba Ciarlini e do Prefeito de Acari, Isaias Cabral, do Pe. Flávio Medeiros, Pe. Costa, Monsenhor Raimundo, do criador Gaetano Brancati Luigi e do casal Valdemir dos Santos e Edna Galvão.
A escolha de Acari para receber o marco foi articulada pelo casal Valdemir dos Santos e Edna Galvão. Durante uma viagem ao Vaticano os dois conheceram o criador do monumento, o italiano Gaetano Brancati Luigi. Ao saber da história decidiram construir o símbolo da paz no Seridó potiguar. "Estamos felizes e emocionados que aquele encontro, que aconteceu por acaso, tenha resultado em algo tão bonito, em um lugar que é importante para nós e que pode levar esperança para o mundo que vive dias de discórdia e guerras", disse Edna Galvão.
A Governadora Rosalba Ciarlini elogiou o gesto. "Fico feliz que o povo de Acari, abençoado por Nossa Senhora da Guia, agora tenha também um símbolo da paz, paz que começa dentro de nós, paz que independe de riqueza e poder, paz que vem de Deus, é isso que queremos para nós", declarou.

O Monumento Marco da Paz é formado por um arco e um sino, símbolos que marcaram o fim de um período difícil para milhares de pessoas como italiano Gaetano Brancati Luigi. Luigi, como prefere ser chamado, viveu as dificuldades da 2ª Guerra Mundial quando tinha apenas 8 anos. O pai dele lutou durante o conflito. Ele conta que durante esse período a família enfrentou frio, fome e solidão, o que causou a todos um grande sofrimento. Por isso o momento em que os sinos soaram anunciando o fim da Guerra encheu a todos de esperança. "Não esqueço o som que os sinos fizeram ao fim da Guerra, era o fim de dias de dor e medo", relata. A partir disso Luigi sentiu-se motivado a contribuir de alguma maneira pela paz mundial até que surgiu a ideia de construir algo que lembrasse a todos o valor de viver em paz. A família emigrou para América, primeiro para Argentina e depois para o Brasil, mas a vontade do italiano permanecia intacta. Até que em 1999 finalmente o primeiro Marco da Paz foi erguido com apoio da Associação Comercial de São Paulo.
Agora são 17 Monumentos da Paz espalhados por 6 países. E mais de 7 mil miniaturas distribuídas entre personalidades do Brasil e do mundo como o Papa Francisco e o Papa Emérito Bento XVI.



Receba as notícias do Blog por email

Seguidores