terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Sindicato representa FIERN em Comitê de Bacia Hidrográfica do RN e PB

O Comitê da Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio Piancó-Piranhas-Açu (PPA) realizou ontem, 21 de dezembro, a 13º Reunião Ordinária no Campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) em Patos na Paraíba (PB), com membros da comissão e representantes de instituições públicas e privadas.
A reunião teve Vargas Soliz Pessoa, presidente do Sindicato da Indústria de Cerâmica do Rio Grande do Norte (SINDICER/RN) como representante da Federação Nacional das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN).
Em pauta foi apresentado as condições climáticas para o ao de 2016, a eleição e posse da Diretoria Colegiada do CBH PPA reeleita para os próximos dois anos (2016 à 2017)  e  aprovação da ATA da 12ª Reunião Ordinária como também a apresentação de interessados em compor vagas no comitê.
Foram reeleitos à presidente e vice-presidente, respectivamente, José Procópio de Lucena e Maria de Lourdes Santana dos Santos. A nova diretoria é composta ainda por mais dois secretários Fábio Cidrin Gama Alves e José Ferreira da Cunha.

CBH PPA
O Comitê da Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio Piancó-Piranhas-Açu (PPA) é composto por 40 membros e é fruto do interesse dos estados do RN e da Paraíba. Sua criação foi permitida através de Decreto Presidencial de 29 de novembro de 2006, seguido por um conjunto de portarias, resoluções, deliberações, editais e um amplo processo democrático de mobilização, articulação e participação social em toda a bacia hidrográfica. Este é integrado ao Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos e vinculado ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos, além dos Conselhos Estaduais de Recursos Hídricos do RN e da PB.
O CBH PPA é composto 40 membros, destes, duas são Instituições Federais, o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e o Ministério de Meio Ambiente (MMA) e mais 19 membros de cada estado que são divididos em três categorias: consumidores, sociedade civil e setor público.
O Rio

O rio Piranhas-Açu nasce na Serra de Piancó no estado da Paraíba e desemboca próximo à cidade de Macau no Rio Grande do Norte. A bacia hidrográfica abrange um território de 42.900 km² distribuídos entre os dois estados e está totalmente inserida em território semi-árido com precipitações médias de chuva variando entre 400 e 800 mm anuais concentradas entre os meses de fevereiro e maio. 

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores