sábado, 14 de junho de 2014

PPS é o primeiro partido a registrar em convenção apoio a Henrique e Wilma.

Exibindo IMG_2147.JPGO PPS (Partido Popular Socialista) foi a primeira legenda a formalizar em convenção eleitoral, realizada neste sábado (14), na Assembleia Legislativa, o apoio aos pré-candidatos Henrique Alves (governo) e Wilma de Faria (Senado).
Henrique agradeceu o apoio e reforçou que a união política será prioridade na sua aliança. “Esse momento marca o início de uma trajetória”, afirmou.
“Eu prefiro unir a desunir, somar em vez de dividir. Ter mais a ter menos. Ter mãos segurando nas minhas do que mãos que se escondem das minhas”, discursou o deputado, acrescentando que o PMDB sozinho não ganharia esta eleição, mas com as coligações quem vai ganhar é o Rio Grande do Norte.
A ex-governadora Wilma de Faria, presidente do PSB, falou da experiência de Henrique e reforçou a importância da união. “Sozinho, ninguém governa” disse, lembrando que Henrique poderia ser reeleito presidente da Câmara dos Deputados e está renunciando a essa possibilidade pelo Rio Grande do Norte.
O presidente estadual do PPS, Wober Júnior, disse que o partido apóia a pré-candidatura de Henrique por saber que ele tem a força para melhorar o estado. “O RN tem que expandir e seu compromisso, Henrique, com a saúde, educação, segurança pública nos fez tomar esta decisão. Por conhecer sua competência é que o partido se une nesta candidatura”, adiantou. Os filiados ao PPS estiveram presentes a convenção.

Vereadores
Ainda neste sábado (14) pela manhã, o deputado Henrique Alves se reuniu com vereadores e deputados do PMDB, na sede do partido para ouvir sugestões uma vez que é pré-candidato ao governo do estado. Na próxima quarta-feira (18) haverá uma nova reunião com filiados do partido.

Receba as notícias do Blog por email

Seguidores